Archive for the 'Vídeo' Category

Documentário jornalístico

Exercício 8 – Módulo 4

Produção de documentário jornalístico em vídeo

Virada Cultural Paulista 2009 em Mogi Guaçu

Anúncios

Storyboard

Storyboard para a filmagem do documentário jornalístico "Virada Cultural 2009 em Mogi Guaçu"

Storyboard para a filmagem do documentário jornalístico "Virada Cultural 2009 em Mogi Guaçu"

Sinopse e Roteiro de Vídeo

Exercício 8 – Módulo 4

Produção de documentário jornalístico em vídeo

Sinopse:

Uma semana antes de o Módulo 4 do curso Jornalismo 2.0 começar, já sabíamos, pela descrição completa do curso, que na semana seguinte a lição seria produzir um documentário jornalístico. Em chat, pedimos para que os instrutores nos adiantassem alguma informação sobre o vídeo e a partir de instruções no Fórum, decidi adiantar as filmagens e aproveitar um evento da cidade. O objetivo é filmar a primeira Virada Cultural Paulista em Mogi Guaçu, que acontecerá no final de semana de 16 e 17 de maio de 2009. Antes do evento, já acontece a montagem de palco e interdição de ruas. Então decidi registrar esse evento.

Roteiro:

Abertura – 5 segundos

Cena inicial – Avenida vazia antes do show – 19 segundos

Abertura da Virada Cultural com o prefeito – 34 segundos

Entrada da cantora Paula Lima – 26 segundos

Cenas fechadas do show de Paula Lima – 16 segundos

Cenas abertas do show de Paula Lima – 19 segundos

Povo fala 1 – 11 segundos

Povo fala 2 – 9 segundos

Fila no Centro Cultural para o show de Antônio Carlos e Jocafi– 14 segundos

Entrevista com secretário municipal de Cultura – 26 segundos

Cenas fechadas do show de Renato Godá – 16 segundos

Cena fechada do show de Lobão – 5 segundos

Cena aberta do show de Lobão – 10 segundos

Cena fechada de outro momento do show de Lobão – 19 segundos

Povo fala 3 – 11 segundos

Povo fala 4 – 15 segundos

Entrevista com a presidente da ONG Tupec (Tudo pela Cultura) – 22 segundos

Cena aberta da avenida lotada à noite – 13 segundos

Cena de crianças dançando na avenida – 8 segundos

Créditos – 40 segundos

Total: 5 minutos e 38 segundos.

Em off:

Contar como começou a Virada Cultural no Estado de São Paulo, quantas atrações o evento possuía e em quantas cidades estava presente há três anos, em seu início, e como está agora, quais cidades participam, quantas atrações serão apresentadas. Contar sobre os principais shows em Mogi Guaçu e as peças de teatro, circo, dança e demais atrações. Descrever o público na avenida dos Trabalhadores, onde um palco será montado, e no teatro do Centro Cultural.

Entrevistas:

A idéia principal é entrevistar Edenílson José Faboci, o secretário municipal de Cultural, sobre a importância de um evento como a Virada Cultural para Mogi Guaçu, e Nilse Santamarina, a presidente da ONG Tupec (Tudo pela Cultura), que há 10 anos atua no Município em busca de alternativas culturais e melhorias para o Centro Cultural. Além das entrevistas “oficiais”, a idéia é entrevistar duas pessoas na avenida dos Trabalhadores na noite de sábado, dia 16, quando acontecerão os shows de Paula Lima e Lobão (os mais esperados) e mais duas pessoas durante o dia no domingo, no Centro Cultural. Para os entrevistados do “povo fala”, o objetivo é perguntar quais os eventos escolhidos para acompanhar e o que acharam da ideia de a Virada Cultural vir para a cidade.

Execução:

Projeto: antes do evento, em 15 de maio.

Gravações: nos dias da Virada Cultural, 16 e 17 de maio (sábado e domingo). Sábado – 15h00 (antes do primeiro show, na avenida), 18h00 (abertura da Virada Cultural e início do show de Paula Lima, na avenida), 20h30 (antes do show de Antônio Carlos e Jocafi, no Centro Cultural), 23h00 (show de Renato Godá, na avenida) meia-noite (show de Lobão, na avenida). Domingo – 14h00 (no Centro Cultural,  para ver o movimento e realizar entrevistas).

Gravação de off: 24 de maio.

Edição: 24 e 25 de maio.

Publicação no YouTube: 25 de maio.

 

Roteiro para edição com áudio e entrevistas:

A Virada Cultural Paulista acontece há três anos no interior do Estado, mas é a primeira vez que Mogi Guaçu recebeu o evento. As atrações aconteceram das seis da tarde do sábado, dia 16, até as seis da tarde do dia seguinte. O evento atraiu mais de 36 mil pessoas em dois palcos, no Centro Cultural e na avenida dos Trabalhadores, em frente ao museu.

O projeto é do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura e a abertura da Virada foi feita pelo prefeito Paulo Eduardo de Barros, o Dr. Paulinho.

Havia pouca gente na avenida quando Paula Lima subiu no palco, mas a cantora contagiou o público com sua energia e simpatia.

Durante as 24 horas de Virada Cultural, aconteceram eventos simultâneos. Enquanto Paula Lima agitava a avenida, a Orquestra de Sopros da Corporação Musical Marcos Vedovello se apresentava no teatro. A atração guaçuana foi um pedido da secretaria municipal de cultura.

Ao final do show de Paula Lima, a avenida já estava lotada e pedia bis dos sambas e balanços.  O público, animado, recebeu o grupo Instiga, trio de Campinas que é considerado uma promessa para o rock nacional.

Entrevistas:

Rita de Cássia Francisco Antonio – industriária

Altair Floriano da Silveira –  corretor de imóveis

No Centro Cultural, a dupla Antônio Carlos e Jocáfi, sucesso da década de 70, atraiu centenas de pessoas, que lotaram o teatro. Na mesma noite, se apresentaram a Trupe Olho da Rua e a Companhia Tungundum de dança.

Entrevista:

Edenilson José Faboci – secretário municipal de cultura

O cantor e compositor Renato Godá agitou a avenida até a meia-noite, quando chegou a hora do show mais esperado: Lobão. A madrugada foi agitada, com o DJ Rafael Moraes, enquanto a atriz, cantora e compositora Beatriz Azevedo apresentava seu novo trabalho, “Alegria”, no Centro Cultural.

No domingo, as crianças puderam assistir à apresentação de bonecos que contaram a história de Simão e o Boi Pintadinho além de duas apresentações de circo. O dia também teve Ballet  Stagium, o grupo cover Beatles Forever, Oswaldinho do Acordeom e a dupla Kleiton e Kledir, que encerrou a Virada Cultural.

A comerciante Gilmara levou as duas filhas ao teatro no último dia do evento.

Entrevistas:

Gilmara Lúcia Montês – comerciante

Marcos Gislotti – industriário

Nilse Santamarina – presidente da ONG Tupec – Tudo pela Cultura

A Virada Cultural Paulista acontece desde 2007, quando 10 cidades receberam 381 atrações. Na edição de 2009, participam 20 municípios, com cerca de 560 apresentações e que atraíram quase um milhão de pessoas. Se depender da população de Mogi Guaçu, com certeza o evento voltará a acontecer na cidade.

Após edição, vídeo pronto com 5 minutos e 38 segundos.