Sinopse e Roteiro de Vídeo

Exercício 8 – Módulo 4

Produção de documentário jornalístico em vídeo

Sinopse:

Uma semana antes de o Módulo 4 do curso Jornalismo 2.0 começar, já sabíamos, pela descrição completa do curso, que na semana seguinte a lição seria produzir um documentário jornalístico. Em chat, pedimos para que os instrutores nos adiantassem alguma informação sobre o vídeo e a partir de instruções no Fórum, decidi adiantar as filmagens e aproveitar um evento da cidade. O objetivo é filmar a primeira Virada Cultural Paulista em Mogi Guaçu, que acontecerá no final de semana de 16 e 17 de maio de 2009. Antes do evento, já acontece a montagem de palco e interdição de ruas. Então decidi registrar esse evento.

Roteiro:

Abertura – 5 segundos

Cena inicial – Avenida vazia antes do show – 19 segundos

Abertura da Virada Cultural com o prefeito – 34 segundos

Entrada da cantora Paula Lima – 26 segundos

Cenas fechadas do show de Paula Lima – 16 segundos

Cenas abertas do show de Paula Lima – 19 segundos

Povo fala 1 – 11 segundos

Povo fala 2 – 9 segundos

Fila no Centro Cultural para o show de Antônio Carlos e Jocafi– 14 segundos

Entrevista com secretário municipal de Cultura – 26 segundos

Cenas fechadas do show de Renato Godá – 16 segundos

Cena fechada do show de Lobão – 5 segundos

Cena aberta do show de Lobão – 10 segundos

Cena fechada de outro momento do show de Lobão – 19 segundos

Povo fala 3 – 11 segundos

Povo fala 4 – 15 segundos

Entrevista com a presidente da ONG Tupec (Tudo pela Cultura) – 22 segundos

Cena aberta da avenida lotada à noite – 13 segundos

Cena de crianças dançando na avenida – 8 segundos

Créditos – 40 segundos

Total: 5 minutos e 38 segundos.

Em off:

Contar como começou a Virada Cultural no Estado de São Paulo, quantas atrações o evento possuía e em quantas cidades estava presente há três anos, em seu início, e como está agora, quais cidades participam, quantas atrações serão apresentadas. Contar sobre os principais shows em Mogi Guaçu e as peças de teatro, circo, dança e demais atrações. Descrever o público na avenida dos Trabalhadores, onde um palco será montado, e no teatro do Centro Cultural.

Entrevistas:

A idéia principal é entrevistar Edenílson José Faboci, o secretário municipal de Cultural, sobre a importância de um evento como a Virada Cultural para Mogi Guaçu, e Nilse Santamarina, a presidente da ONG Tupec (Tudo pela Cultura), que há 10 anos atua no Município em busca de alternativas culturais e melhorias para o Centro Cultural. Além das entrevistas “oficiais”, a idéia é entrevistar duas pessoas na avenida dos Trabalhadores na noite de sábado, dia 16, quando acontecerão os shows de Paula Lima e Lobão (os mais esperados) e mais duas pessoas durante o dia no domingo, no Centro Cultural. Para os entrevistados do “povo fala”, o objetivo é perguntar quais os eventos escolhidos para acompanhar e o que acharam da ideia de a Virada Cultural vir para a cidade.

Execução:

Projeto: antes do evento, em 15 de maio.

Gravações: nos dias da Virada Cultural, 16 e 17 de maio (sábado e domingo). Sábado – 15h00 (antes do primeiro show, na avenida), 18h00 (abertura da Virada Cultural e início do show de Paula Lima, na avenida), 20h30 (antes do show de Antônio Carlos e Jocafi, no Centro Cultural), 23h00 (show de Renato Godá, na avenida) meia-noite (show de Lobão, na avenida). Domingo – 14h00 (no Centro Cultural,  para ver o movimento e realizar entrevistas).

Gravação de off: 24 de maio.

Edição: 24 e 25 de maio.

Publicação no YouTube: 25 de maio.

 

Roteiro para edição com áudio e entrevistas:

A Virada Cultural Paulista acontece há três anos no interior do Estado, mas é a primeira vez que Mogi Guaçu recebeu o evento. As atrações aconteceram das seis da tarde do sábado, dia 16, até as seis da tarde do dia seguinte. O evento atraiu mais de 36 mil pessoas em dois palcos, no Centro Cultural e na avenida dos Trabalhadores, em frente ao museu.

O projeto é do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Prefeitura e a abertura da Virada foi feita pelo prefeito Paulo Eduardo de Barros, o Dr. Paulinho.

Havia pouca gente na avenida quando Paula Lima subiu no palco, mas a cantora contagiou o público com sua energia e simpatia.

Durante as 24 horas de Virada Cultural, aconteceram eventos simultâneos. Enquanto Paula Lima agitava a avenida, a Orquestra de Sopros da Corporação Musical Marcos Vedovello se apresentava no teatro. A atração guaçuana foi um pedido da secretaria municipal de cultura.

Ao final do show de Paula Lima, a avenida já estava lotada e pedia bis dos sambas e balanços.  O público, animado, recebeu o grupo Instiga, trio de Campinas que é considerado uma promessa para o rock nacional.

Entrevistas:

Rita de Cássia Francisco Antonio – industriária

Altair Floriano da Silveira –  corretor de imóveis

No Centro Cultural, a dupla Antônio Carlos e Jocáfi, sucesso da década de 70, atraiu centenas de pessoas, que lotaram o teatro. Na mesma noite, se apresentaram a Trupe Olho da Rua e a Companhia Tungundum de dança.

Entrevista:

Edenilson José Faboci – secretário municipal de cultura

O cantor e compositor Renato Godá agitou a avenida até a meia-noite, quando chegou a hora do show mais esperado: Lobão. A madrugada foi agitada, com o DJ Rafael Moraes, enquanto a atriz, cantora e compositora Beatriz Azevedo apresentava seu novo trabalho, “Alegria”, no Centro Cultural.

No domingo, as crianças puderam assistir à apresentação de bonecos que contaram a história de Simão e o Boi Pintadinho além de duas apresentações de circo. O dia também teve Ballet  Stagium, o grupo cover Beatles Forever, Oswaldinho do Acordeom e a dupla Kleiton e Kledir, que encerrou a Virada Cultural.

A comerciante Gilmara levou as duas filhas ao teatro no último dia do evento.

Entrevistas:

Gilmara Lúcia Montês – comerciante

Marcos Gislotti – industriário

Nilse Santamarina – presidente da ONG Tupec – Tudo pela Cultura

A Virada Cultural Paulista acontece desde 2007, quando 10 cidades receberam 381 atrações. Na edição de 2009, participam 20 municípios, com cerca de 560 apresentações e que atraíram quase um milhão de pessoas. Se depender da população de Mogi Guaçu, com certeza o evento voltará a acontecer na cidade.

Após edição, vídeo pronto com 5 minutos e 38 segundos.

Anúncios

2 Responses to “Sinopse e Roteiro de Vídeo”


  1. 1 Ana Lúcia do Vale maio 29, 2009 às 3:29 am

    Bacana, vamos ter a primeira Virada Cultural aqui do Rio no fim de semana que vem. Gostei do seu trabalho. Um abraço.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: